ONDE ESTAMOS

UNO - Medical & Office:
Av. Pontes Vieira, 2340 - Sala 417

TELEFONES

(85) 9.8200-7373
(85) 9.8220-7373 / (85) 3636.0323

ABLAÇÃO POR CATETER

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ablação por radiofrequência através de cateter revolucionou o tratamento das arritmias cardíacas. Permite a cura da maioria das arritmias eliminando o foco de origem, o feixe anômalo ou isolando a área arritmogênica sem necessidade de toracotomia (cirurgia com tórax aberto). É um procedimento realizado sob sedação, normalmente indolor, baixo risco de complicações, extremamente eficaz e que necessita somente de uma diária de internação.

Cateteres de silicone com uma ponta de metal são posicionadas no interior de câmaras cardíacas via veia femoral ( geralmente no átrio direito alto, no feixe de His, no ápex do ventrículo direito e no interior da principal veia de que o coração, o seio coronariano).

Esses cateteres são capazes de identificar os sinais elétricos no interior das estruturas cardíacas, e pela observação destes sinais o médico eletrofisiologista estuda e mapeia o sistema de condução do coração (estudo eletrofisiológico) determinando o local exato e a extensão da aplicação da radiofrequência. Estes cateteres são capazes de enviar pulsos elétricos, com os quais estimulamos o coração visando reproduzir as arritmias cardíacas clínicas, diagnosticá-las e posteriormente tratá-las. Se a arritmia tem origem no lado esquerdo do coração é necessário puncionar a artéria femoral ( acesso retroaórtico) ou realizar uma punção transeptal a fim de posicionar o cateter de mapeamento ou de ablação na câmara esquerda de interesse.

A ablação é realizada utilizando-se um gerador de radiofrequência que aplica uma alta corrente elétrica vaporizando e cortando tecidos pelo efeito da alta densidade de corrente e calor localizados.

Após a ablação o estudo eletrofisiológico é repetido a fim de confirmar a não indução da arritmia. Todo o procedimento dura normalmente 45-120 minutos.